Matheus Oliveira

HÁ O NOVO DE DEUS PARA CADA SER HUMANO


HÁ O NOVO DE DEUS PARA CADA SER HUMANO
E vos revistais do novo homem, que segundo Deus é criado em verdadeira justiça e santidade. Efésios 4:24
Quem nunca passou por uma situação que parecia não ter saída?
Quem nunca viveu um episódio que soou forte no subconsciente que mais parecia o toque do sino?
Quem em alguma etapa da sua vida não pensou em desistir?
Quem já não engoliu a seco certas situações para não voltar atrás ou sujar as suas mãos?
Existe momento na vida que é preciso muito mais que forças, é preciso ter sabedoria para não retribuir conforme a oferta, precisa-se saber escolher e discernir entre o certo é o errado.
Fazer o que todos fazem isso não demonstra nenhuma qualidade, demonstra sim, uma insuficiência de inteligência, ou seja, uma incapacidade mental por não saber agir por seus próprios conceitos e tomar suas próprias atitudes, tornando-se refém da vontade alheia.
Pertencer a Deus está muito além de belas palavras ou frases feitas, pertencer a Deus muitas vezes é tornar-se do contra, é andar descalço sobre pedregulhos e sorrir como se nada estivesse acontecendo.
Enquanto multidões resolvem caminhar por um lado, devemos seguir por outro, pois não conhecemos o lado que eles escolheram, e, se aquele lado os conduzir ao um ermo de areia movediça? Juntos, certamente seremos atolados.
Enquanto milhares aclamam por liturgias humanas, crendices e feitiços para satisfazerem aquilo que lhe apraz, achando estes até, que seguem a Deus, precisamos parar, ficar em silencio, atentar ao ouvir, a voz de Deus que fala ao nosso coração.
Há muitos que dizem que, a voz do povo e a voz de Deus? Enganam-se, o povo está mais tendencioso a repetir os gritos de satanás, E a multidão, dando gritos, começou a pedir que fizesse como sempre lhes tinha feito. Marcos 15:8, Se o povo fosse porta voz de Deus, certamente Jesus não precisaria morrer em uma cruz, Mas eles instavam com grandes gritos, pedindo que fosse crucificado. E os seus gritos, e os dos principais dos sacerdotes, prevaleciam. Lucas 23:23.
Se o povo Ouvisse a voz de Deus, todos os povos, nações e língua só se curvariam diante do Deus criador de todas as Coisas e obedeceriam ao comando da sua voz, pois, estes trariam em suas vidas a marca do sinete de Deus, ninguém viveria a serviço do mal, porque a voz de Deus tem soado fortemente todos os instantes dentro de nós, Dá-me, filho meu, o teu coração, e os teus olhos observem os meus caminhos. Provérbios 23:26, porém, não damos crédito, muito preferem viver sob o jugo do engano, sendo ludibriado por fantasias da fé hereditária, manipulados por homens vazios que nada sabem sobre Deus mais traveste-se de santos, ao invés de propor em seu coração conhecer a verdade que pode quebrar todos os grilhões das trevas, E conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará.
João 8:32, e, só existe uma verdade que pode mudar as nossas vidas, Jesus, Disse-lhe Jesus: Eu sou o caminho, e a verdade e a vida; ninguém vem ao Pai, senão por mim. João 14:6, porém, a maioria ainda preferem seguir a qualquer coisa. Mas o meu povo não quis ouvir a minha voz, e Israel não me quis. Salmos 81:11.
Infelizmente, muitos preferem ler pornografias, criticas e adivinhações, do que, se dispor a ler a palavra de Deus que tem o poder para fazer cair dos olhos todas as escamas que causa cegueira na alma, isto, é o mesmo que se arriscar andar no deserto sem ter noção do que está lá do outro lado, do que esperar e acatar o barulho das chuvas que mostra sinais já estar por vir para fazer florescer os campos secos.
Não podemos seguir a multidão, pois não conhecemos seus corações quais as intenções que está dentro de cada um. Necessitamos seguir aquele que foi capaz de morrer para que tivéssemos vida. Jesus. Muitos, ainda insistem continuarem em suas mesmices, do que conhecer o novo de Deus. E não quereis vir a mim para terdes vida. João 5:40
Muitos gostam de viver enturmados, achando está seguro por está cercados de pessoas, nada disto adianta, se, Deus não estiver conosco, porque, Se o SENHOR não edificar a casa, em vão trabalham os que a edificam; se o SENHOR não guardar a cidade, em vão vigia a sentinela. Salmos 127:1
Servir a Deus é entender que Ele é superior a tudo e a todos.
Servir a Deus não é vencer todos os dias mais é ter capacidade para lutar e nunca desistir seja em qualquer que for a situação.
Servir a Deus é calar-se em muitos momentos que exige gritos, O que guarda a sua boca conserva a sua alma, mas o que abre muito os seus lábios se destrói. Provérbios 13:3, sábio é aquele que antes de fazer qualquer coisa, busca orientação em Deus. Bom é ter esperança, e aguardar em silêncio a salvação do Senhor. Lamentações 3:26
Pertencer a Deus é abrir mãos dos conceitos humanos e viver as promessas de vida que estão concretizadas em sua palavra, Pertencer a Deus é morrer para o mundo, para si mesmo e sujeitar-se a vontade Dele.
Pastora Elza Carvalho
Com o Compromisso exclusivo em Declarar a essência de Deus através da sua palavra.
Igreja Casa de Oração Essência de Deus – ICOED
Deseja uma oração? Escreva-nos: essenciadedeus2012@gmail.com

Fonte: Gospel Mais.
Leia Mais

Qual é o Convite da Cruz?


Caro leitor,
Novamente volto a falar desse tema que é de suma importância para o crescimento da igreja, a igreja que falo, sou eu, é você, somos nós.

Jesus Cristo viveu nesse mundo, que o Pai dEle criou, viveu, sofreu e morreu. Morreu em uma morte maldita, e em uma morte de cruz. E essa morte de Cristo gera morte a todo cristão, mas o seu ressurreto gera ressurreição a todos os escolhidos.
Sempre quando ouço uma canção cantada pelo Asaph Borba, tem uma frase que sempre corrijo, aonde na minha igreja começou a se cantar com a correção do nosso pastor.
"Pois um dia a sua morte trouxe vida a todos nós..." Então, como já disse acima, morte trás morte, e não vida. A correção é: "Pois um dia o seu ressurreto trouxe vida a todos nós..." Sim, o que nos dá a vida, a ressurreição é o ressurreto de Cristo e não a morte. Devemos ficar atentos a cada detalhe, a cada palavra dita e ouvida.

Mas vamos lá, o que irei abordar é sobre a mensagem da Cruz, uma mensagem que é pregada por poucos, vividos por poucos, mas com importância enorme para a Igreja. As igrejas, ou seja, os templos, digo na perspectiva estabelecimentos, um espaço para adorar a Cristo, está mais preocupada com quantidade do que qualidade, se preocupa mais em disputar membros do que incentivar a seguir a Cristo. E por esse motivo muitos pastores vetam a mensagem da Cruz, por medo, medo da igreja se esvaziar, medo de perder lucros, lucros esses que são da Igreja, não de lideres.

"A Mensagem da Cruz não costuma encher Igreja, costuma esvaziar" Aziel, Pr.

Deus permitiu a morte de seu Filho, para remissão dos nossos pecados e esse sacrifício e ressurreição de Jesus nos purifica, liberta e alivia, como diz Cristo: "Vinde a mim todos os que estais cansados (...) e eu vos aliviarei" (Mateus 11:28), regenera, restitui, vivifica, restaura, alegra, ressuscita, dignifica e perdoa os pecados da humanidade.

A morte de Cristo não foi em vão, muito menos sua ressurreição, e ambas trás uma única mensagem, essa mensagem de Cristo para nós, ou como alguns podem chamar: Convite, convite da Cruz.

E antes de falarmos do convite, queria ressaltar que, embora tenha muita importância, poucos conhecem. E pior, se perguntado, qualquer um que não sabe, irá dá uma resposta incorreta, daquelas que nem encosta., procuram versículos e se tentam se justificar com algo absolutamente incorreto e anti bíblico. Mas há aqueles que não dão resposta nem mesmo procura falsas respostas, e se abre a ouvir, como creio, que você que está lendo fará o mesmo.

Então, em Mateus 8.34-35 diz "Então ele chamou a multidão juntamente com os discípulos e disse: "Se alguém quiser vir após mim, negue-se a si mesmo, tome a sua cruz e siga-me. Pois quem quiser salvar a sua vida, a perderá, mas quem perder a vida por minha causa e pelo evangelho a salvará."

Aqui está a mensagem importantíssima, não é uma convocação, é um convite, onde podemos aceitar ou recusar: "Se alguém quiser vir após mim..." e após, há uma virgula, colocando algumas exigências, negar a si mesmo, ou seja, suas atitudes anteriores, e começar a viver para Cristo. Tomar a sua cruz e siga-o. Para qualquer interpretador, saberá que o convite não é para diversão, brincadeiras, barulheira e bagunça em meio aos cultos, como hoje acontece, mas sim, para a morte.
O convite de Cristo por meio da cruz é para morte. Não é explicito no texto, nem mesmo era previsto que o nosso Sr Jesus iria morrer na cruz (digo, os que conviviam com Ele, pois Jesus sabia).
Jesus começa chamando-nos para a morte, e as exigências são: Se quiser, negar a si mesmo, tomar a cruz e seguir. O convite da morte começa quando é afirmado que devemos tomar a Cruz e seguir-lo. Seguir para onde? - Oras, para a morte.
Mas após esse convite, Jesus dá uma explicação, que é loucura, mas para nós, é a Salvação. Como diz Paulo na primeira carta aos Coríntios 1:18: Porque a palavra da cruz é loucura para os que perecem; mas para nós, que somos salvos, é o poder de Deus.
Jesus diz "...Pois quem quiser salvar a sua vida, a perderá, mas quem perder a vida por minha causa e pelo evangelho a salvará.", na primeira parte isso se diz para aqueles que negam o convite de Cristo, e não obtém a morte e nem a ressurreição dEle, ou seja, morrerá mas sem ressurreição. Já na segunda parte, Jesus diz "mas...", ou seja, impõe, nos diz que quem morrer por causa dEle e seu Evangelho, esse terá vida, como acima falei do ressurreto e de uma canção, terá vida por meio da ressurreição de Cristo Jesus.

Já em Mateus 10.38 Jesus vai dizer daqueles que não aceitam o convite: "E quem não toma a sua cruz e não me segue, não é digno de mim."
E em Lucas 14:25-33 falará mais explicitamente "Se alguém vem a mim, e não aborrece [`odeia'] a seu pai, e mãe, e mulher, e filhos, e irmãos, e irmãs e ainda a sua própria vida, não pode ser meu discípulo. E qualquer que não tomar a sua cruz, e vier após mim, não pode ser meu discípulo. Pois, qual de vós, pretendendo construir uma torre, não se assenta primeiro para calcular a despesa e verificar se tem os meios para a concluir? Para não suceder que, tendo lançado os alicerces e não a podendo acabar, todos os que a virem zombem deles,... Assim, pois, todo aquele que dentre vós não renuncia a tudo quanto tem, não pode ser meu discípulo."


"Nós não temos que morrer; nós estamos mortos. O que temos que fazer é aceitar a nossa morte... [No] batismo... nós vamos lá e dizemos, A posição que Deus estabeleceu para mim é a que estou aceitando agora, e eu testifico aqui, desta forma, que aceito a posição de Deus para mim, a saber, que na Cruz eu fui morto." T. Austin-Sparks


Colossenses 3:3-7 "Pois, o que diz respeito a este mundo, vocês já estão mortos e sua verdadeira vida está oculta em Deus, através de Cristo. Um dia, Cristo que é a sua vida, se revelará abertamente, e todos vocês compartilharão desta magnífica revelação. Considerem-se mortos aos contatos deste mundo: não se associe com imoralidade sexual, impureza mental, paixões descontroladas, desejos maus, e a cobiça das coisas dos outros, que é o mesmo que idolatria.  exatamente por causa destas coisas que a ira de Deus vem sobre aqueles que se recusam a obedecê-lo. E nunca esqueçam que vocês faziam parte destas coisas terríveis quando viviam naquela velha vida."

Concluo, com 2 Timóteo 2:11 "Eu me apoio no ditado: "Se morremos com ele, com ele também viveremos". Devemos entender que está no Evangelho é para um só único proposito e uma única predestinação, que é sermos iguais ao Filho Amado de Deus, Jesus Cristo. Não há outro proposito nem mesmo predestinação, somente esses. Então, devemos levar o Evangelho a todos, sempre lembrando do IDE e PREGAI, mas devemos está também cientes desse convite, dessa mensagem, devemos espalhar a todos os cristãos. Pois a nossa salvação se vem dela, se nasce quando aceitamos morrer junto com Cristo.

Terminando: Caro leitor, se você é cristão batizado e não conhecia esse convite, saiba que você aceitou esse convite sem mesmo saber que estava sendo convidado. Pois quando nós nos batizamos, estamos morrendo o nosso eu, e ressuscitando em Cristo. Ou seja, nossa vida, não nos pertence mais mas a Cristo.
Então, se você aceitou e não sabia, resta cumprir. Pois se não levar o convite adiante, de nada valerá a nossa convenção e o nosso batismo.

Que nós possamos carregar diariamente a nossa cruz, e que o Espirito Santo dê força para levarmos, pois é triste saber que saem da igreja(Estabelecimento) e da Igreja(Invisível) por causa desse convite de morte, a Mensagem da Cruz, pois em I Coríntios 118 "Pois a mensagem da cruz é LOUCURA para os que estão perecendo, mas para nós, que estamos sendo salvos, é o poder de Deus."

Fonte: A Mensagem da Cruz, de Matheus Oliveira
Escrito por Matheus Oliveira

Este texto estará postado nos sites/blogs:
Gospel Mais
Ganhador de Almas
Matheus Oliveira


É livre a re-publicação em demais blogs, com créditos ou sem, o que importará é a consciência de cada um e compartilhação dessa postagem. Compartilhe, seja como for.

A graça e paz de Cristo Jesus!
Leia Mais

Tenho o livre arbítrio., porem sou predestinado?

Graça e paz a todos os leitores deste mero blog. Farei hoje o primeiro texto de 2016, com um tema que prometi a alguns amigos e irmãos.

O que seria livre arbítrio, e mesmo a predestinação?

 - Livre arbítrio foi o que Deus nos concedeu lá... no começo de sua criação, nos deu a liberdade, de decidimos tudo o que queremos e o que não queremos, alguns de nossos irmãos discordaram, e dirá que tudo é predestinado.

 - Já a predestinação, é algo já determinado, algo antecipado de cada coisa e de cada pessoa, é bíblico sim, mas se usa em fora de seu contexto.

Quem tem o livre arbítrio, pode ter a predestinação? - Sim, pode., mas avaliando-se o que é de fato a predestinação.
Somos livres, temos o livre arbítrio, porque Deus nos concedeu, nada poderá retirar isso de nós.
Mas é complicado entender a predestinação, pois muitos entendem, incluindo-se nessa corrente os presbiterianos e outros, afirmam que a predestinação é abrangente, é para tudo e para todas., enquanto a bíblia nos mostra que fomos predestinados (determinação antecipada, antes) a serem como Jesus, não se acha nenhuma afirmação que somos predestinados... Isso inclui: salvação, cura, relacionamento, trabalho, etc.
Já imaginou? Tudo seu ser já decretado, predestinado antes? - Isso acontece em partes. Primeiro, Deus já sabe de tudo bem antes, mas isso não nos torna predestinados. Segundo, saber de algo bem antes não torna nós predestinados... Não foi isso o proposito de Deus.

Vamos seguir alguns assuntos que mais são usados para a predestinação:

1. Namoro:
 - Quando se é iniciado uma paquera com a irmã ou irmão, muitos deles se usam da predestinação para afirmar que já foram predestinados a ficarem juntos. (predestinação) Não, não é isso.
Ou então, pergunta se o relacionamento é de Deus (tradição mais pentecostal). Também não, não é isso.
Será que uma pessoa que sai de um relacionamento e vai a outro, pode falar isso? - Como seria isso? - Toda hora são decretadas novas predestinações só para não perder o amado ou amada? Isso seria? - Não.
Para que um relacionamento seja abençoado, não precisa perguntar a  Deus ou mesmo serem predestinados., basta somente a amada ser mulher, mas mulher verdadeira e temente a Deus.

2. Criança estuprada:
 - Quando uma criança é abusada por um desumano, alguns poderão afirmar que isso já era predestinado, que a criança nasceu para sofrer essas consequências., ou mesmo que isso faz parte de um proposito, isso tudo faz algum sentido... Mas, como pode ser predestinação, que Deus de Amor é esse, que decreta essa barbárie predestinação a uma criança inofensiva? Será que é isso que o nosso Deus quer? - Provavelmente, não., Deus não tem nenhuma culpa se existem homens (homens e mulheres) desse tipo, Ele não tem., então não se pode propor isso a predestinação, nem mesmo o proposito de algo, pois de nada de proposito há. O maior proposito de Deus é sermos iguais a Cristo Jesus, ou seja predestinados a isso.
Percebe-se então que a criança não foi predestinada a isso, não há predestinação, foi algo cruel que só há um culpado.

3. Bianca é salva, Marcos é condenado. (nomes aleatórios, não caracteriza ninguém conhecido)
 - Então, a predestinação também está nesse mero tema, de salvação ou não salvação., logo essa teoria irá dizer quem será salvo(algo decretado antes, predestinação) ou quem não será salvo. Se Bianca é salva, é uma predestinação., podemos entender que por mais que Bianca ande no mundo, ela não perderá a salvação, jamais... Pois o decreto dela já aconteceu, ela é uma salva.(Um dia talvez voltará). Entretanto, Marcos já tem sua condenação pela predestinação... Mas se Marcos se resolve a ser converter a Jesus? Não há salvação? Pois já houve predestinação ao mesmo. Como um Deus fará isso? A misericórdia, cadê?
Logo podemos vê, que não a predestinação quanto a isso.
Nós batistas, por exemplo, cremos que quando nos convertemos verdadeiramente a Jesus, é nos dada a salvação, mas que a cada dia essa salvação precisa ser reafirmada em Jesus.

4. Morte aos cristãos.
 - Podemos entender que essas mortes aos que servem a Cristo Jesus, é até predestinadas, pois isso é relatado no Livro Sagrado, não em forma de predestinação, mas em forma de alerta, 'profecia'. Mas isso também não quer dizer que Marcos foi predestinado a morrer pela fé em Jesus, e nem que Bianca foi poupada., isso pode acontecer tanto com um quanto com outro, não há predestinação de cada em cada, basta somente serem cristãos para morrer.
Certo que, todos fomos predestinados a morrer nessa vida, e não a vida nova que temos ( não morremos)


Então percebemos que há muitos subtemas ligados ao tema de predestinação, são vários exemplos que eu creio que ao você lê, saberá interpretar de sua melhor maneira, seja você acreditador ou não da predestinação.

Concluir-se: Não há decretação, sendo um sim ou outro não. Não é isso que Deus quer, mas o que Ele deseja é que sejamos iguais ao seu Filho Amado, O Cristo. A maior e única predestinação é sermos filhos adotivos do Deus Pai e iguais a Jesus.

Terminando: Romanos 8:29-30 nos diz: “Porque os que dantes conheceu também os predestinou para serem conformes à imagem de seu Filho, a fim de que ele seja o primogênito entre muitos irmãos. E aos que predestinou a estes também chamou; e aos que chamou a estes também justificou; e aos que justificou a estes também glorificou.” Efésios 1:5 e 11: “E nos predestinou para filhos de adoção por Jesus Cristo, para si mesmo, segundo o beneplácito de sua vontade... Nele, digo, em quem também fomos feitos herança, havendo sido predestinados, conforme o propósito daquele que faz todas as coisas, segundo o conselho da sua vontade.”
Leia Mais

Os desabafos "Não quero ser mais Evangélico"

Leia Mais

Será que cometi blasfêmia contra o Espírito Santo?

sera-que-cometi-blasfemia-contra-espirito


Será que cometi blasfêmia contra o Espírito Santo? Muitas pessoas têm essa dúvida em seus corações. Nessa conversa gravada pela Igreja Presbiteriana de Goiânia, Augustus Nicodemus nos ajuda a entender esse tema. Confira:

Leia Mais

O QUE A BÍBLIA DIZ SOBRE SHOW EVANGÉLICO E BALADAS GOSPEL

SHOW significa dar às pessoas o que elas querem: a satisfação da carne. Culto significa dar a Deus o que lhe pertence: todo o louvor. Eu digo NÃO ao SHOW GOSPEL! E você?

Respeito a opinião de todos os leitores, até mesmo dos mais exaltados. Mas não tenho medo de dizer: Deus reprova o evangelho-show! Por quê? Porque o Evangelho deve ser comunicado, não da maneira que as pessoas desejam ouvi-lo, e sim da maneira que precisam ouvi-lo. O evangelho do entretenimento não produz discípulos de Jesus, como ordena a Palavra do Senhor, literalmente, em Mateus 28.19: “fazei discípulos de todos os povos”.
Caros “adoradores extravagantes”, sei que muitos de vocês não gostam da Palavra de Deus, pois ela não aprova o seu procedimento. Mas os desafio a fazerem agora um estudo bíblico comigo. Abram as suas Bíblias em 2 Crônicas 20.18. Viram como Josafá se prostrou com o rosto em terra, adorando a Deus? Agora, abram em 2 Crônicas 29.29 e Neemias 8.6. Depois, em Jó 1.20 e Salmos 95.6. E já que é época de Natal, leiam comigo também Mateus 2.11, a respeito dos magos do Oriente: “e, prostrando-se, o adoravam”.

Onde está a adoração extravagante, tão festejada pelos seguidores do evangelho-show? Em todas as passagens citadas a respeito da adoração, ela é acompanhada de prostração, quebrantamento, choro, humilhação. Isso é o verdadeiro produto do adorador, e não os shows com luzes coloridas, danças, canções de autoajuda, estrelismo, “unção do leão”, “cair no Espírito”, bota de píton, gritinhos frenéticos, ritmos eletrizantes, linguagem chula, falsas profecias, derramamento de azeite sobre a cabeça de alguém e outras futilidades!

Deus reprova o evangelho-show porque este oferece ao povo o que ele deseja, assim como fez Arão (Êx 32.1-6). Por influência desse falso evangelho, os cultos não têm mais espaço para a exposição da Palavra de Deus. No mínimo, dois terços das nossas reuniões de “adoração” são preenchidas com cântico, música e irreverência. Mas o Senhor tem levantado homens e mulheres que, à semelhança de Moisés, têm dado ao seu povo o que ele precisa (Êx 32.7-35).

Sim, o Senhor reprova o evangelho-show! O show precisa acabar. O show da falsidade, da mentira, da apelação, do engodo, do amor ao dinheiro. Voltemos a cultuar ao Senhor Jesus em nossas igrejas! Com menos cantoria e mais louvor. Com menos triunfalismo e mais pregação cristocêntrica. Com menos sofisticação e mais simplicidade. Com menos performance gestual e mais quebrantamento do coração. Com menos descontração e mais arrependimento.

Deus sempre será contrário ao evangelho-show, porque show não é culto, e culto não é show. Não precisamos chegar ao Céu (ao contrário do já me sugeriram alguns internautas) para descobrirmos que o Senhor não recebe os shows “evangélicos”. Temos a Bíblia Sagrada. Para que servem os mandamentos, princípios, exemplos, verdades e doutrinas contidos na Palavra de Deus?

O problema é que muitos hoje têm vontade de pular, dançar, gritar, correr... Só não têm vontade de andar segundo as Escrituras. Gostam de ouvir gritinhos frenéticos. E “adoram” quando o seu cantor-ídolo diz: “Tire o pé do chãããão”. Mas, quando alguém os convida a abrir as Escrituras, torcem o nariz e pensam: “Lá vem ele com esse papo de certo ou errado”.

Você também está cansado desse “papo” de certo ou errado, prezado leitor? Saiba que Deus também está cansado desse evangelho-show! Ele quer que nos humilhemos diante dEle: “se o meu povo, que se chama pelo meu nome, se humilhar [...], então, eu ouvirei dos céus” (2 Cr 7.14).


Ciro Sanches Zibordi
Leia Mais

Impeachment? Não! Não sou a favor.

PUBLICADO EM 18/09/2015
ATUALIZADO EM 22/09/2015

Antes de mais nada, irei dizer que, não votei na Dilma e nunca votarei, até mesmo em membros do PT(Salvo que haja mudança).

Meus candidatos foram outros, veja abaixo:


Votei em Marina Silva, Lídice da Mata, Geddel Viera, Irmão Lazaro e Soldado Prisco. Seja o que for!
Posted by Matheus Oliveira on Domingo, 5 de outubro de 2014
https://www.facebook.com/MatheusOliveira6/posts/702877059801427

No segundo turno, fiz um alerta como vários outros que não votaram em Dilma, veja:


O voto é de cada um. A consciência também!Se eu voto em Aécio, e ser péssimo presidente, serei um dos responsá...
Posted by Matheus Oliveira on Sábado, 25 de outubro de 2014
https://www.facebook.com/MatheusOliveira6/posts/715070901915376

Desde então que Dilma ganhou a eleição, se falava em terceiro turno, e agora se fala de impeachment e intervenção militar.

Mas agora muitos e muitos cidadãos pedem o impeachment  da nossa presidente, que de fato é respaldado na nossa constituição., mas deve ter provas apresentadas contra a Dilma, coisa que não. Não vamos acusar-la por algo que não foi cometido no exercício da presidência nem mesmo na sua campanha, pois a nossa constituição proíbe de investigar-la por algo fora do mandato: Art. 86, § 4º O Presidente da República, na vigência de seu mandato, não pode ser responsabilizado por atos estranhos ao exercício de suas funções.

A oposição aproveita desse momento de crise do Brasil para tentar se aproveitar o impeachment contra a Dilma, a oposição erra e confirmam o que já sabemos, eles só querem o poder e não se preocupa com o Brasil. Tanto é que o PMDB já faz reuniões para definir seu eventual governo caso a nossa chefe de Estado seja afastada. Não é um jogo sujo? - Que aliança hein Dilma?

Multidões defendem o impeachment e não sabem o risco que corre, é pior e muito pior. Não é momento de 'golpe' no momento de crise, não é hora. Por mais rombos que tivemos, a culpa não é da Dilma(embora possa ser), e sim do seu governo(Geral, não só a equipe dela). Com impeachment nesse momento, além de desequilibrar o Brasil totalmente, geraria várias confusões, sendo:

1. Países aliados, poderiam recorrer, ou até mesmo guerrear... Como ameaçaram(Já que o Brasil não se valoriza as forças armadas, ficaríamos indefesos).
2. Se o orçamento está ficando vermelho, ficará totalmente se tal coisa acontecer.(A saída do excelentíssimo ministro, Joaquim Levy)
3. Greves em todas as áreas.(Já que o PT é um dos maiores lideres dos sindicatos)
4. Com greves, o Brasil iria parar de vez.
5. PMDB dominaria o Brasil, embora sempre acompanhou os vices(Somente o Judiciário, petista)
6. Muitos poderão pedir um eventual impeachment do Michel Temer.

E vários outros pontos.

Vale frisar que com a saída de Dilma, vai piorar de vez tudo.
E não se pode falar que se fosse Aécio ou Marina, o negocio seria diferente. Não, seria igual, ou até pior! - Dilma já conhece o estrago que fez, e Marina e tampouco Aécio não saberiam determinar o tamanho do estrago... Aécio na verdade teve um livramento 'divino' por não assumir a presidência e agora murmura querendo a saída de Dilma? - Qual interesse dele? - Há, li por ai que PSDB e PMDB estão se reunindo pelo eventual governo de Temer, e impondo que o peemedebista não tente a reeleição. Isso é puro interesse, é jogo politico, não tem nada de preocupação pelo Brasil.
Quem deve se preocupar somos nós brasileiros, não pelo impeachment e sim pelo voto. Vamos deixar a legalidade da democracia valer, deixar Dilma cumprir seu mandato, com o nosso 'presidente interino' Joaquim Levy.

Vamos voltar ao impeachment?
É constitucional. Não há problema teoricamente se isso acontecer. Mas deve ter provas, mas como a constituição não é clara a quanto a isso, então prevalece o jogo politico, a decisão do congresso nacional por sua maioria. O STF mesmo reconhece isso.

Várias medidas de cortes e mais cortes estão sendo tomadas, e não será diferente em outros governos enquanto houver essa crise e rombos e mais rombos para cobrir. E vale frisar, a presidenta não é culpada, não há nada que ligue a ela, a não ser pelo seu mal governo que o fez.
Marina Silva, que foi candidata a chefe de Estado e de governo também falou sobre o assunto, embora criticou veemente o governo da Dilma, ela deixou claro que não se deve aproveitar da crise, ou seja, ela não concorda com o impeachment.

Nosso Estado é um Estado Democrático de Direito!
Vamos deixar valer o voto!
Não é hora de impeachment.(Pelo menos, agora)

"Por fim, uma pitada de opinião pessoal. Não votei na Presidente Dilma e acho o governo dela muito ruim. Mas impeachment é coisa séria. Não vejo base para qualquer pedido nesse sentido (ainda), embora eu, se fosse ela, colocaria as barbas de molho e pararia de apostar na divisão do Brasil (e de jogar a culpa de tudo na imprensa e em FHC). Repito: não acho que exista base para pedir impedimento de uma Presidente recém-reeleita (mesmo que muita gente tenha caído na história da carochinha de que o PT não mexeria em direitos “nem que a vaca tossisse” – aprendam, na próxima). De qualquer sorte, a discussão é válida e faz parte da democracia – quem discute esse tema não é, portanto, golpista. Ou, em suma: para variar, os dois lados estão certos e errados, cada qual com sua culpa." João Trindade Cavalcante Filho do Blog Direito Constitucional Concursos.

Por fim, para nós, cristãos, protestantes, evangélicos, católicos, etc., ou usando o termo geral, religiosos! Nosso dever não é colocar lenha na fogueira para Dilma ser afastada, e sim, orar pelo Brasil, orar pelas autoridades que são constituídas por Deus. É orar! É Jejum! É joelho no chão! Isso que provavelmente esteja faltando, pois se ver muitos falarem mal da nossa representante federal, e até ofender-la., e se brincar deve até xingar quando se fala dela com Deus.

Queridos, somos cristãos e de onde deve sair os primeiros exemplos de Cristo, é de nós.
E parece que muitos se esquecem, que Jesus Cristo está no trono. E o que acontecer, quem estará no controle é Ele, Ele estará por nós, aconteça o que acontecer.

Não vamos desunir o Brasil nem mesmo nós que somos irmãos em Cristo Jesus.

Peço que assine esse abaixo-assinado, embora possa não ter efeitos:
https://www.change.org/p/pela-manuten%C3%A7%C3%A3o-da-legalidade-democr%C3%A1tica-e-o-respeito-ao-voto-em-nosso-pa%C3%ADs

Graça e Paz,
Matheus da Silva Oliveira.
Leia Mais

O ateísmo e a morte da racionalidade

O ateísmo e a morte da racionalidade (Parte l)
No último artigo publicado por mim, estive demonstrando a inconsistência da ciência sem Deus. Expondo a história e os fatos que levam a ciência consistente. E neste presente artigo, demonstrarei a inconsistência da racionalidade sem Deus. Caso você queira saber mais sobre como defender a sua fé, acesse nossa página no Facebook: Apologética Reformada.
Esse artigo é o primeiro de uma série chamada “O ateísmo e a morte da racionalidade” que estarei publicando. Procurarei estar demostrando que Deus é a fonte de toda a realidade e, por conseguinte, de toda a verdade, todo o conhecimento, toda a racionalidade, todo o significado e toda a possibilidade. E portanto, negando Deus, tudo o mais se perderá.
Buscarei provar que Deus é condição prévia de todo o conhecimento e experiência humana, e assim, procurarei demonstrar a impossibilidade do contrário; em outras palavras, que a lógica, a razão, a matemática, a ciência, valores, ou a moralidade não podem existir sem Deus.

A lógica

Nesta primeira parte, focarei na lógica, demostrando como ela é possível somente com Deus.
Mas antes, vamos analisar as propriedades da lógica: As leis da lógica são conceituais por natureza, isto é, não são dependentes de espaço, tempo, propriedades físicas, ou a natureza humana. Elas não são o produto do universo físico (espaço, tempo, matéria), porque se o universo físico desaparecesse, as leis da lógica ainda seriam verdade. As leis da lógica não são o produto das mentes humanas, porque as mentes humanas são relativas – não absolutas.
Mas, uma vez que as leis da lógica são sempre verdadeiras em todos os lugares e não dependem de mentes humanas, quem deverá ser o autor delas? As leis da lógica, que são a lei da identidade, lei da não-contradição e a lei do meio excluído, só permitem uma resposta entre duas, e são elas: Deus ou não-Deus. Analisemos a última resposta oferecida:

O ateísmo e a lógica

Se a existência de Deus é negada, logo a ideia de que uma personalidade absoluta que transcende, criou e sustenta o universo é consequentemente negada. E o que resta, é a impessoalidade do acaso, i. é, estruturas impessoais (como matéria, movimento, acaso, tempo e leis físicas) que agindo sem finalidade ou sem objetivo criou o universo e tudo mais o que conhecemos. E assim, só restará ao ateísmo admitir que pessoas (se é que existem) são produtos de matéria, movimento, acaso e daí por diante. Pode soar estranho, mas essas consequências são admitidas até pelos mais renomeados ateístas, tal como Richard Dawkins.
Mas, será que essa aproximação da impessoalidade do acaso poderá dar conta da explicação da existência de leis eternas; e portanto, que não são relativas ao homem, nem a sua mente, e sequer da universo físico conforme a definição descrita mais acima? Como é possível eventos aleatórios da matéria ao acaso explicar a existência das leis da lógica? Racionalmente falando, é impossível! E se tais ideias naturalistas/materialistas fossem verdades, destruiria qualquer possibilidade de haver a existência das leis da lógica em nosso mundo.
A única saída para o ateísta aqui é diminuir as propriedades das leis da lógica, e isso trará consequências drásticas para o pensamento e diálogo humano. Se ele admitir que as leis da lógica não são absolutas, p. ex., e portanto, são convenções sociais, logo, terá que admitir que não existe nenhuma base para o discurso racional. Eu poderia dizer que fiz um círculo quadrado sem problema algum.
Porém, no universo racional que vivemos, sabemos que é impossível algo ser e não-ser ao mesmo tempo (lei da não-contradição). Até para você estar lendo isso, você está julgando racionalmente e pressupondo que as leis da lógica são absolutas, pois se eu começasse dizendo que dorme azul mais rápido do que quarta-feira, tu certamente me acharias louco. Porém, iremos abordar sobre as tentativas de diminuir as propriedades da lógica posteriormente.

Deus e a lógica

O ateísmo não pode explicar as condições prévias necessárias para a inteligibilidade, a saber, a existência das leis da lógica. E seu sistema consegue ir além disso, destroem completamente a possibilidade de haver leis da lógica. A única alternativa que nos restou foi a existência de Deus. Uma vez que as leis da lógica são transcendente, absoluta, independente do universo, então faz todo sentido dizer que elas refletem uma mente transcendente, absoluta, perfeita e independente. Muito parecido com o Deus que encontramos nas Sagradas Escrituras. Dado que um cérebro físico não é transcendente, por natureza, porque se limita ao espaço físico, e Deus é, por definição, de natureza transcendente.
A Escritura ensina que o próprio Deus é lógico. Em primeiro lugar, sua palavra é a verdade (Jo 17:17), e a verdade nada significará, se não se opuser à falsidade. Portanto, a sua palavra não é contraditória. Além disso, Deus não quebra as suas promessas (2Co 1:20); Ele não nega a si mesmo (2 Tm 2:13); Ele não mente (Hb 6:18; Tt 1:2). No mínimo, no mínimo, essas expressões significam que Deus não faz, não diz e não crê no contraditório e, portanto, ele próprio é o critério de coerência e de implicação lógicas. A lógica é a maneira de Deus pensar.
A lógica não está acima de Deus e tampouco foi arbitrariamente decretada por Deus. A lógica faz parte da natureza eterna de Deus. Sistemas lógicos humanos nem sempre refletem a lógica de Deus perfeitamente. Mas na medida em que eles assim o fazem, acabam por se tornarem necessariamente verdadeiros.

A prova definitiva

Baseado nisso, um silogismo poderia ser feito da seguinte forma:
1 – Deus, é pré-condição necessária para a lógica;
2 – A lógica existe;
3 – Portanto, Deus existe.
Cornelius Van Til, o maior filósofo cristão do século XX escreveu: “Eu sustento que a crença em Deus não é meramente tão provável quanto outra crença. Eu sustento que a menos que você creia em Deus, você logicamente não poderá crer em mais nada”.
Não estou dizendo que os ateus não pensam logicamente, mas que eles não podem dar nenhuma explicação lógica para a existência da mesma e sequer para a inevitabilidade delas. Como Van Til dizia, os ateus tomam “capital emprestado”. Assim, quando usam a lógica para levantar objeções contra o cristianismo, os incrédulos estão usando algo que, de qualquer maneira que seja manipulado, aponta na direção oposta do que pretendem.

Revisão de Texto: Raquel Magalhães
Autor: Gabriel Reis
Fonte: Gospel Prime
Leia Mais

Polêmica! Thalles Roberto deixa música gospel! " ??? - Veja Vídeo!

Acho que enfim Thalles Roberto assume para que realmente veio: Ter fama e dinheiro!
Vejam a noticia (desconheço fonte e autor)


Veja o Vídeo:


Esse vídeo está sendo proibido de ser compartilhado!Sobre a polemica do cantor Thalles Roberto, veja!!!!
Posted by Portal JE on Sexta, 17 de julho de 2015


       Eu sou diferente do meio gospel, estou acima da média. Se você está acima da média, mas está no meio de gente fraca, esteja em cima da média lá fora! Eu (Deus) quero você lá fora.
       Música gospel é tudo igual, qualquer um faz!
       A musica é mais poderosa que as palavras, você tem que sair e cantar lá fora
O próximo disco não vai ser para vocês (Platéia do show Gospel).
       Mas meu Deus disse: "Thalles tudo que você podia fazer para eles (a igreja) você já fez! Só você, só você faz do jeito que você faz! Eles amam você... veneram você! Mas você está no lugar errado... sai dai!
       Deus disse: Grave um CD sem falar da Cruz, Jesus e Espirito Santo!

Pois é meu amigo, eu já havia cantado essa pedra a tempos! Bom, meu recado para Thalles é simples: Você conseguiu enganar a muitos! Vai fazer aquilo que sempre quis: FAMA e DINHEIRO, mas agora sem usar o nome de Deus em vão.

Os cristãos que prezam pelo evangelho puro e simples irão agradecer por sua decisão. Será uma "vergonha" a menos no meio cristão já sem credibilidade nenhuma. E por favor, não esqueça de desvincular o boneco Thalleco, a bíblia assinada pelo herege Hernandes, a coleção de tênis, blusas ... etc...  Chega de explorar os analfabetos bíblicos! Chega de musicas cheias de heresias, gritadas e berradas! No mais, para mim está indo tarde!

“Porquanto se, depois de terem escapado das corrupções do mundo, pelo conhecimento do Senhor e Salvador Jesus Cristo, forem outra vez envolvidos nelas e vencidos, tornou-se-lhes o último estado pior do que o primeiro. Porque melhor lhes fora não conhecerem o caminho da justiça, do que, conhecendo-o, desviarem-se do santo mandamento que lhes fora dado; Deste modo sobreveio-lhes o que por um verdadeiro provérbio se diz: O cão voltou ao seu próprio vômito, e a porca lavada ao espojadouro de lama”. (II Pedro 2:20-22)

Wagner Lemos do blog Web Evangelista.
Leia Mais

Também sou ateu

AteísmoAteu dos deuses que mandam matar. Ateu dos deuses que se impõem pela força. Ateu dos deuses que não estão abertos ao diálogo, que não conseguem conviver com o diverso, de tão melindrosos não aceitam o contraditório. Ateu dos deuses que promovem os intolerância e abençoam os intolerantes. Ateu dos deuses que sustentam regimes de segregação.
Ateu dos deuses que convocam militantes, esses insuportáveis fanáticos patrocinados por divindades que, porque não se sustentam por si, arregimentam soldadinhos sem crítica e auto-crítica. Ateu dos deuses senhores da razão, mas sem coração. Ateu dos deuses que exigem decapitações.
Ateus dos deuses cujo maior argumento está na ponta da baioneta, do cano quente da metralhadora, nos pregos retorcidos das bombas caseiras. Ateu dos deuses que compram e vendem corpos, almas e consciências humanas. Ateu dos deuses que se promovem pelo artificio da lavagem cerebral, o controle da informação, a distorção dos fatos, da propaganda enganosa e subliminar, e do patrulhamento truculento.
Ateu dos deuses que se escondem por trás das disputas geopolíticas, se digladiam pelo petróleo, se vinculam às demandas étnicas, e são sustentados por impérios econômicos. Ateu dos deuses que cabem em cartilhas e códigos dogmáticos. Ateu dos deuses que se satisfazem com rituais macabros, se embebedam no sangue dos sacrificados, e se alimentam de manjares podres. Ateu dos deuses que cobram moedas pelo perdão, penitências pela misericórdia, e flagelos pela graça.
Ateu dos deuses que sentem prazer no assassinato de inocentes, e se alegram com o suplício dos pobres. Ateu dos deuses cujos representantes vivem encastelados e são venerados como semi-deuses. Ateu dos deuses que habitam mesquitas, sinagogas e templos.
Ateu dos deuses que não têm senso de humor, não conseguem rir com os críticos geniais que fazem teologia desenhando cartoons. Ateu dos deuses que não se encaixam em realidades como amor, compaixão, solidariedade, generosidade, perdão, justiça e paz. Esses deuses, não creio que existam além da imaginação doentia de gente que precisa de Deus.

Ed René Kivitz

Leia Mais

O que é o DIP?


Domingo da Igreja Perseguida: cristãos brasileiros servindo cristãos perseguidos
Conscientizar a Igreja brasileira da perseguição aos cristãos é uma maneira de servir nossos irmãos e também de edificar os brasileiros em seu relacionamento pessoal com Deus
Uma celebração única, com milhares de pessoas estendendo-se do norte ao sul do Brasil em torno de um único propósito: servir cristãos perseguidos. Esse é objetivo do Domingo da Igreja Perseguida (DIP), realizado no Brasil desde 1988. 
Em pleno século 21, cerca de 100 milhões de cristãos enfrentam hostilidade e perseguição pelo simples fato de seguir a Cristo. Essa intolerância vem de várias fontes: governo, sociedade e até mesmo da família. Por causa de sua fé, esses irmãos enfrentam desde desemprego, exclusão da sociedade, expulsão do círculo familiar a interrogatórios, aprisionamentos, torturas e até mesmo a morte.
O evento, idealizado pelo Irmão André (fundador da Portas Abertas) em 1987, relembra a “fundação” da Igreja Perseguida: Atos 4 marca o início da perseguição aos cristãos logo após a descida do Espírito Santo (domingo de Pentecostes), com a prisão de Pedro e João.
Em 2014, em sua 26ª edição, 5.667 igrejas em todo o Brasil dedicaram o domingo 25 de maio para apresentar a causa da Igreja Perseguida e apoiá-la por meio de orações e ofertas. Além disso, o DIP também foi realizado nas igrejas em mais de onze países: Bolívia, Chile, Estados Unidos, Guiné Bissau, Uganda, Cabo Verde, Peru, Portugal, França, Alemanha e Japão.
Envolva-se! No domingo, 31 de maio de 2015, aproveite a liberdade que temos como Igreja brasileira e utilize-a no serviço aos nossos irmãos perseguidos. 
Nós e os cristãos perseguidos contamos com você!

Comentário meu:

Se a sua igreja ão participa da DIP, passe essa ideia aos seu pastor, líder, ou quem for que seja. Faça parte desse momento, que é interceder pelos irmãos perseguidos...

Ambas igrejas que congrego, participa do DIP, sendo elas:

PIBI - PRIMEIRA IGREJA BATISTA DE ITABERABA
RUA RUY BARBOSA, 64, CENTRO
ITABERABA - BA
31/05/15 - DOMINGO

IBAM - IGREJA BATISTA METROPOLITANA
RUA PROCURADOR NELSON CASTRO, 17, FLAMBOYANTS
Salvador -  Bahia
31/05/15 - Domingo

E demais igrejas espalhadas no Brasil.

Ore sempre, não só nesse dia, como vários outros!

Matheus Oliveira
Fonte do Texto: DIP 
Leia Mais

VERGONHA DE SER VIRGEM

 

 
Alguns anos passados fiquei estarrecido com uma estatística publicada por uma revista evangélica após entrevistas feitas com jovens evangélicos de 22 denominações. Estes jovens, a grande maioria composta de solteiros, haviam nascido em lar evangélico e eram freqüentadores regulares de igrejas. De acordo com a pesquisa, 52% deles já haviam tido sexo. Destes, cerca da metade mantinha uma vida sexual ativa com um ou mais parceiros. A idade média em que perderam a virgindade era de 14 anos para os rapazes e de 16 anos para as moças.
 
Essa reportagem foi publicada em setembro de 2002. Desconfio que os números são ainda mais estarrecedores se forem atualizados para 2015.
 
Não vou aqui gastar muito tempo defendendo o que, acredito, a maioria dos nossos leitores já sabe que é nossa posição: sexo é uma bênção a ser desfrutada somente no casamento. Namorados que praticam relações sexuais estão pecando contra a Palavra de Deus. Mesmo que não tenhamos um versículo que diga "é proibido o sexo pré-marital" (desnecessário à época em que a Bíblia foi escrita, visto que na cultura do antigo Oriente não existia namoro, noivado, ficar, etc.), é evidente que a visão bíblica do casamento é de uma instituição divina da qual o sexo é uma parte integrante e essencial.
 
Alguns textos que mostram que contrair matrimônio e casar era uma instituição oficial entre o povo de Deus, e o ambiente próprio para desfrutar o sexo:
 
"...nem contrairás matrimônio com os filhos dessas nações" (Dt 7.3).
 
"...Majorai de muito o dote de casamento e as dádivas, e darei o que me pedirdes; dai-me, porém, a jovem por esposa" (Gn 34.12).
 
"... e lhe dará uma jovem em casamento..." (Dn 11.17).
 
"... Respondeu-lhes Jesus: Podem, acaso, estar tristes os convidados para o casamento, enquanto o noivo está com eles?" (Mt 9.15).
 
 
"... nos dias anteriores ao dilúvio comiam e bebiam, casavam e davam-se em casamento" (Mt 24.38).
 
"... Três dias depois, houve um casamento em Caná da Galiléia, achando-se ali a mãe de Jesus. Jesus também foi convidado, com os seus discípulos, para o casamento" (Jo 2.1-2).
 
"... Estás livre de mulher? Não procures casamento" (1Cor 7.27).
 
 
"... Ora, o Espírito afirma expressamente que, nos últimos tempos, alguns apostatarão da fé, por obedecerem a espíritos enganadores e a ensinos de demônios, pela hipocrisia dos que falam mentiras e que têm cauterizada a própria consciência, que proíbem o casamento..." (1Tim 4.1-3).
 
 
"... Se um homem casar com uma mulher, e, depois de coabitar com ela, a aborrecer, e lhe atribuir atos vergonhosos, e contra ela divulgar má fama, dizendo: Casei com esta mulher e me cheguei a ela, porém não a achei virgem..." (Dt 22.13-14)
 
 
"... qualquer que repudiar sua mulher, exceto em caso de relações sexuais ilícitas, a expõe a tornar-se adúltera; e aquele que casar com a repudiada comete adultério" (Mt 5.32).
 
"... Se essa é a condição do homem relativamente à sua mulher, não convém casar" (Mt 19.10).
 
"... Caso, porém, não se dominem, que se casem; porque é melhor casar do que viver abrasado" (1Cor 7.9).
 
"... Mas, se te casares, com isto não pecas; e também, se a virgem se casar, por isso não peca" (1Cor 7.28).
 
 
"... A mulher está ligada enquanto vive o marido; contudo, se falecer o marido, fica livre para casar com quem quiser, mas somente no Senhor" (1Cor 7.39).
 
"... ao que lhe respondeu a mulher: Não tenho marido. Replicou-lhe Jesus: Bem disseste, não tenho marido; porque cinco maridos já tiveste, e esse que agora tens não é teu marido; isto disseste com verdade" (Jo 4.17-18).
 
"... alguém (o presbítero e/ou pastor) que seja irrepreensível, marido de uma só mulher..." (Tito 1.6).
 
 
"... quanto ao que me escrevestes, é bom que o homem não toque em mulher; mas, por causa da impureza, cada um tenha a sua própria esposa, e cada uma, o seu próprio marido." (1Cor 7:1-2)
 
"... Digno de honra entre todos seja o matrimônio, bem como o leito sem mácula; porque Deus julgará os impuros e adúlteros" (Heb 13.4).
 
"... que cada um de vós saiba possuir o próprio corpo em santificação e honra, não com o desejo de lascívia, como os gentios que não conhecem a Deus; e que, nesta matéria, ninguém ofenda nem defraude a seu irmão; porque o Senhor, contra todas estas coisas, como antes vos avisamos e testificamos claramente, é o vingador, porquanto Deus não nos chamou para a impureza, e sim para a santificação" (1Tes 4.4-7).
 
As passagens acima (e haveriam muitas outras) mostram que casar, ter esposa, contrair matrimônio é o caminho prescrito por Deus para quem não quer ficar solteiro ou permanecer viúvo. O casamento era, sim, uma instituição oficial em meio ao povo de Deus. As relações sexuais fora do casamento nunca foram aceitas, quer em Israel, quer na Igreja Primitiva, a julgar pela quantidade de leis contra a fornicação e a impureza sexual e pelas leis e exemplos que fortalecem o casamento como instituição para o povo de Deus em todas as épocas.
 
 
O ônus de provar que namorados podem ter relações sexuais como uma coisa normal é dos libertinos. Posso me justificar biblicamente diante de Deus por viver com minha namorada como se ela fosse minha esposa, não sendo casados? Como eu lido com essa evidência massiva de que o casamento é a alternativa bíblica para quem não quer ficar solteiro ou viúvo?
 
 
O que existe na verdade é aquilo que Judas menciona em sua carta, sobre pessoas ímpias que transformam a graça de Deus em libertinagem (Judas 4). Os argumentos do tipo, "quem casou Adão e Eva" demonstram o grau de má vontade e a disposição do coração de continuar na prática da fornicação, mesmo diante da resposta: "O caso de Adão e Eva não é nosso paradigma, a não ser que você tenha sido feito diretamente do barro por Deus e sua namorada tenha sido tirada de sua costela. Se não foi, então você deve se sujeitar ao paradigma que Deus estabeleceu para toda a raça humana, para os descendentes de Adão e Eva, que é contrair matrimônio, casar-se, um compromisso público diante das autoridades civis".
 
Os demais argumentos - "é melhor que os namorados cristãos tenham sexo responsável entre si do que procurar prostitutas, etc." nem merecem resposta. O que falta realmente é domínio próprio, castidade, submissão à vontade de Deus, amor à santificação.
 
Chegamos ao ponto em que os rapazes e as moças cristãos têm vergonha de dizer, até mesmo em reuniões de mocidade e de adolescentes, que são virgens.
 
Tenho compaixão dos jovens e adolescentes de nossas igrejas. Mas sinto uma santa ira contra os libertinos, que pervertem a graça de Deus, pessoas ímpias, que desviam nossa juventude para este caminho. "A vingança pertence ao Senhor" (Rom 12.19).

Rev. Augustus Nicodemus
http://www.ipb.org.br/informativo/vergonha-de-ser-virgem-4041#sthash.sVyIJAgA.dpuf
Leia Mais