Matheus Oliveira: Você faz parte da massa?

segunda-feira, 16 de janeiro de 2012

Você faz parte da massa?

Quando eu digo a palavra “massa” o que vem na sua mente? Na minha vem algumas coisas, primeiro eu lembro de todas as meninas que eu conheço que estão terrivelmente gordas(isso somente na mente delas) e que precisam desesperadamente fazer um regime, até que o primeiro brigadeiro traidor apareça em sua frente!

Também penso numa deliciosa macarronada, uma das poucas coisas que me arrisco fazer na cozinha! Massa me faz lembrar de um ser chamado Felipe Massa, que não me faz tão feliz quanto o Airton Senna fazia, mas representa o Brasil, então vamos dar uma força pra ele, pra ele desistir….hauhauhau.

Chega de palhaçada, isso que eu fiz, no Marketing, se tratando de marcas podemos chamar de “top of mind” a primeira coisa que te vem a mente.

Quer um teste? Responde rápido…

Refrigerante =

Sabão em pó =

Televisão =

Se sua respostas foram Coca Cola, OMO e Globo, seja bem vindo a massa!

Tudo isso tem um porque, é o que vou tentar explicar…

A palavra massa pode ter muitos significados como:

1. Farinha diluída num líquido, formando pasta.

2. Mistura de água, areia e cimento ou cal. = ARGAMASSA

3. Corpo sólido, compacto.

4. Conjunto de uma obra de arquitetura.

5 Coeficiente de inércia de um corpo.

6. [Brasil, Informal] Que é muito bom (ex.: esse livro é massa).

Mas para nóis o significado que interessa é este:

7. Conjunto não delimitado de indivíduos considerados fora das estruturas sociais tradicionais e que constituem o objetivo sociocultural de certas atividades, como a publicidade, a cultura de massa, os ócios.

Isso ai em cima está quase chamando a pessoa que faz parte da massa de burro, quase, mas não é bem isso, simplesmente a massa não considera o “indivíduo” e sim um aglomerado de pessoas com o mesmo pensamento, gostos ou hábitos.

E é por isso que eu não faço parte da massa! HAUhauah, vou fazer outro teste, neste momento uso peças de roupas da TNG, Venon, tênis da Puma e relógio Chilli Beans. E eu sou a única pessoa no mundo que usa essas marcas! É lógico que não, será que estou sendo influenciado?

Para saber isso preciso entender o processo de Massificação:

Fenômeno pelo qual, numa sondagem, um número crescente de indivíduos apresentam um número cada vez maior de características ou de combinações de características comuns.

O processo de massificação produz nas pessoas quer elas percebam ou não características como:

- um pensamento fabricado

- ser guiado cegamente pela maioria

- tomar a mesma forma

- não ter individualidade, ser uma cópia

- ser manipulado

Num resumo, é isso que acontece:

Mas como? Eu e você somos influenciados pela “cultura de massa”.

Cultura de massa = é o total de ideais, perspectivas, atitudes, imagens e outros fenômenos que são julgados como preferidos por um consenso informal.

É o que todo mundo está vendo, ouvindo, fazendo ou até vestindo.

E se todo mundo faz, é porque todo mundo está recebendo a mesma informação, por exemplo porque será que aquela musiquinha que não é nem um pouco cristã não sai da minha cabeça santa e imaculada(Já sei é o diabo!). Pode ser mas eu tenho uma outra dica.

São culpa das “mídias de massa” tipo TV, rádio, internet, revistas e outras, que produzem o que a Massa quer ver, ouvir, ter ou até mesmo quer SER.

Eu não, eu sou crente! Vamos a um outro teste, me responda o que ou quem são:

Porque será que você sabe me dizer exatamente o que e quem são esses que eu coloquei ai em cima? Reparou que eu não coloquei nenhuma explicação ou o nome de nenhuma personalidade! Pois é, somos influenciados.

E isso tudo é bancado por marcas que conhecemos muito bem, e quanto mais a massa consome, mais as marcas pagam para ser vistas nos intervalos desses programas, ou para serem usadas por essas personalidades.

Sim muito daquilo que somos estando ouvindo, vendo, comendo ou desejando porque somos atingidos por essas mídias de massa, se não bastasse isso ainda temos marcas pessoais que carregamos com nossa vida que definem qual comportamento ou escolhas fazemos.

E eu tive minhas marquinhas, não foram poucas:

- Modinha de vampiros (sim, eu cai nessa também)

- Desejo de ser gótica. (visitar cemitério, vestir preto, pintar o cabelo)

- Coisas "magicas" (bruxaria, feitiçaria)

- Me afundar no meu próprio mundo.

- Roubei a mochila dos meus colegas na quinta serie, diversas vezes.

- Objetivo final: Ser uma bruxa.

Tudo isso que aconteceu comigo, foi sim um dos maiores exemplos do que acontece quando se deixa ser influenciado pela "massa", Me deixei influenciar por livros, filmes, que me levaram a querer esse tipo de coisa a qual fui ensinada a odiar, mas tudo isso me deixava tão cega que eu nem ao menos percebia, nem tão pouco lembrava dos ensinamentos de meus pais. A fase de roubar da minha vida também foi por pura influencia. Influencia de uma garota da quinta serie, ela era tão "valente" e "ganhar" coisas grátis era muito divertido.

Então galera, o programa de TV vai mostrar(vender) o que a massa quer, não necessariamente vai ser o que você precisa desesperadamente, a cultura de massa não se importa com valores e juntando com suas marcas pessoais, cuidado para não virar um monstrinho que consome tudo que vê, que não tem opinião própria, e que não sabe a diferença entre valor monetário($$$$) e funcionalidade( essa roupa serve para te cobrir ou para se mostrar?).

Eu poderia ser um monstrinho, sei que tem gente que não gosta de mim, calma, ainda estou em fase de obras, mas já sou muito diferente de quem eu era…por que?

Porque a diferença está nas escolha que fazemos!

Um dia eu optei por uma marca, essa:

Ela é assinada por uma pessoa muito especial…

Eu escolhi não ter o formato desse mundo:

E não sede conformados com este mundo, mas sede transformados pela renovação do vosso entendimento, para que experimenteis qual seja a boa, agradável, e perfeita vontade de Deus. Rm 12:2

Não se vendam por um prato de lentilhas galera, amo vocês!





Fonte: Não morda a maça

Alterações: Débora K.



Artigos Relacionados

0 Comentários:

Postar um comentário

Leu? Agora avalie e deixe um breve comentário. CG