Matheus Oliveira: ORGULHANDO-SE DA CRUZ DE CRISTO - Gálatas 6.14

segunda-feira, 2 de julho de 2012

ORGULHANDO-SE DA CRUZ DE CRISTO - Gálatas 6.14

Quanto a mim, Deus me livre de gloriar-me , a não ser da cruz de nosso Senhor Jesus Cristo, por quem o mundo está crucificado para mim e eu para o mundo (Bíblia do Peregrino)

Introdução: A mensagem da cruz é essencial para nosso crescimento espiritual. É por meio da morte de Jesus que entendemos a nossa condição de pecadores e o caminho reconciliador proposto por Deus.
Sem a mensagem da cruz a igreja está destinada ao fracasso. É da cruz que frui a graça salvífica de Deus. Só mediante a aceitação e conformação à mensagem da cruz, desfrutaremos de um relacionamento autêntico com Deus.

I. Caminhando em direção ao calvário.
Deus me livre de gloriar-me (admiração pelo próprio mérito)

Só há um caminho a ser seguido pelo discípulo de Jesus: o caminho para a cruz.
Nosso caminhar em direção à cruz, caracteriza:
a.   Nosso real arrependimento. Arrepender-se é mudar de mente.
b.   Nossa mudança radical de direção. Seguíamos o curso do mundo, agora seguimos o caminho da cruz.
c.   Nossa conformação ao caráter de Jesus Cristo. O fruto do Espírito deve ser uma realidade visível em todos nós.
d.   A submissão do "eu" ao senhorio de Jesus. Não há espaço para dois governantes. Ou o "ego" ou Jesus Cristo.
e.   O destemor em ter alma despida, sofrendo a vergonha e o ultraje que a vida. A "vida eterna" só pode ser alcançada e experimentada depois que o "ego" perde sua autonomia, seu poder de governo.

Paulo reforça que seguir a Jesus é tomar a estrada principal do Calvário. Entulhando as laterais da estrada para o Calvário jazem os esqueletos nossos egos... (Brennan Manning)

A nossa sobrevivência depende da morte do ego.

II. Orgulhando-se da cruz e do sacrifício de Jesus.
Deus me livre de gloriar-me, a não ser da cruz de nosso Senhor Jesus Cristo.

Como gloriar-se em algo tão deplorável, depreciativo, vergonhoso, ultrajante como a cruz? Como orgulhar-se de algo que afronta e envergonha? O que manifesta-se nela que deve ser motivo de alegria, exaltação e louvor?

a.   Na cruz, Deus revela seu amor para conosco. Mas Deus prova seu próprio amor para conosco pelo fato de ter Cristo morrido por nós, sendo nós ainda pecadores (RM 5.8).
b.   Na cruz, Deus revela sua sabedoria. Certamente, a palavra da cruz é loucura para os que se perdem, mas para nós, que somos salvos, poder de Deus (1Co 1:18)
c.   Na cruz, Deus revela o caminho de volta para o ser humano. Justificados, pois, mediante a fé, temos paz com Deus por meio de nosso Senhor Jesus Cristo; por intermédio de quem obtivemos igualmente acesso, pela fé (Rm 5.1-2).
d.   Na cruz, Deus revela a punição do pecado. O qual foi entregue por causa das nossas transgressões... (Rm 4.25).
e.   Na cruz, Deus revela sua misericórdia. Porque Cristo, quando nós ainda éramos fracos, morreu a seu tempo pelos ímpios (Rm 5.6).

Somos discípulos apenas enquanto nos mantemos sob a sobra da cruz
III. Uma nova vida a partir da criz.
...por quem o mundo está crucificado para mim e eu para o mundo

E os que são de Cristo Jesus crucificam a carne, com as suas paixões e concupiscências (Gl 5.24).
De modo nenhum! Como viveremos ainda no pecado, nós os que para ele morremos? (Rm 6.2)

O nosso estilo de vida deve ser resultado da influência da cruz sobre nós.

Não temos razão ou direito a escolher outro caminho que o caminho que Deus escolheu em Jesus Cristo. A cruz é tanto simbolo da nossa salvação quanto um padrão para nossa vida.

Artigos Relacionados

0 Comentários:

Postar um comentário

Leu? Agora avalie e deixe um breve comentário. CG