Matheus Oliveira: Amor e paixão igualados, mas diferentes

sexta-feira, 14 de setembro de 2012

Amor e paixão igualados, mas diferentes


Paixão se faz de amor, se passa por amor, é imitador, não tem interesses em nada.
Amor não se faz, o amor é, ele não imita, ele é original, e seus interesses são bons e perfeitos.

A paixão demostra ciumes exagerados; O amor também demostra, mas para demostrar o AMOR, mais não ciumes exagerados.
A paixão demostra rapidez; O amor espera, mais também demostra rapidez, mais é sofredor ou seja paciente.
A paixão é louca por prazeres; O amor também é louco, mais louco por amor e não pelos prazeres.
A paixão é passageira e vai embora em breve; O amor se for alimentando por amor não vai, ela é eterna, ela dura sempre.
A paixão trai a sua ‘paixão’; O amor não trai, o amor resisti, o amor é fiel.
A paixão mente sempre; O amor não mente.
A paixão quer tudo na hora; O amor conhece seu tempo.
A paixão imita o amor, mais não vem do amor; O amor não imita a paixão, mais vem do amor e é amor.
A paixão odeia a paciência; O amor a paciência.
A paixão é ILUSÃO; O amor é DEUS.

Agora, vamos ver se você é AMOR mesmo? Deus é absolutamente, e você?
Leia esses versos de 1 Corintios 13.
O amor é sofredor, é benigno; o amor não é invejoso; o amor não trata com leviandade, não se ensoberbece.
Não se porta com indecência, não busca os seus interesses, não se irrita, não suspeita mal;
Não folga com a injustiça, mas folga com a verdade;
Tudo sofre, tudo crê, tudo espera, tudo suporta.
O amor nunca falha; mas havendo profecias, serão aniquiladas; havendo línguas, cessarão; havendo ciência, desaparecerá;
4-8
Agora, é hora do teste, leia esses versos, substituindo o AMOR pelo seu nome, exemplo:
Daniel é sofredor, é benigno; Daniel não é invejoso; Daniel não trata com leviandade, não se ensoberbece.
Não se porta com indecência, não busca os seus interesses, não se irrita, não suspeita mal;
Não folga com a injustiça, mas folga com a verdade;
Tudo sofre, tudo crê, tudo espera, tudo suporta.
Daniel nunca falha; mas havendo profecias, serão aniquiladas; havendo línguas, cessarão; havendo ciência, desaparecerá;
Viu? Como o amor é diferente de nós? Isso é coisa Radical, está preparado para o Radical de Deus?
Deus é tudo o que “Daniel” foi citado, e você? Vamos lá pensar, refletir e por em pratica!
Concluindo: Em verdade amamos? Ou só falamos para iludir o irmão? Para dizermos que somos Crentes?! Ou amamos porque Jesus nos amou?
Se caso você(nós) não ama e é crente, passou da hora de pedir a Jesus Cristo o Amor de Deus, diga assim “Eu amo te amo Jesus, mais eu só falo no teórico ou pensamento, me ensina a amar em verdade, assim como Deus Pai me ama”.
Graça e Paz,
Matheus Oliveira

Artigos Relacionados

0 Comentários:

Postar um comentário

Leu? Agora avalie e deixe um breve comentário. CG